Seja muito bem-vindo ao Copo de Letras!! Sirva-se sem moderação. ;)

quinta-feira, 7 de maio de 2009

O Mar (à minha amada mãe)


O mar
criação esplendorosa de Deus
abriga vida, é forte, atrai olhares maravilhados...

Mãe
criação esplendorosa de Deus
abriga vida, é forte, atrai olhares maravilhados...
mãe, tu és mar!

Pois em ti há vida,
Pois tu me deste a minha vida,
Indo e vindo, indo e vindo...
Muito agitada, se necessário,
Um tanto violenta em tuas convicções,
Tão cristalina a qualquer momento,
Calma, quando eu preciso chorar,
Indo e vindo...

E, por mais que eu me afaste de ti,
Bem sei onde te encontrar,
Pois tu és mar!

Mãe,
Da vida eu nada sei
Talvez, um dia
eu deixe de ser uma simples poça
e seja agraciada com a bênção de também ser mar...

Contudo
enquanto esse dia não chega
Ensina-me com a tua transparência
e ama-me, com toda tua força

Bem sei que, mesmo que um dia eu seja mar,
Para ti nunca deixarei de ser
Uma pocinha indefesa
Mas isso não me incomoda,
Pois és, para mim também,
Muito mais que o próprio mar,
Um oceano, de maturidade, exemplo, respeito, amor...

Sim, mãe, sou a tua continuação
E, pelos oceanos, em toda a Terra
Essa sublime sucessão sempre ocorrerá,
Até que o Criador nos leve...

...ficarão então, nas pocinhas,
os exemplos, a saudade e o amor, eternizados...
e eu te amarei por cada exemplo,

em toda saudade e profundo amor... para sempre!!





ESTA É A MINHA SINGELA HOMENAGEM A TODAS AS MAMÃES PELO NOSSO DIA, COMEMORADO NESTE ANO EM 10/05!!